FIOS DE ARTE

AQUI É O MEU CANTINHO ONDE COMPARTILHAREI COM VOCÊ TUDO QUE GOSTO COMO: ARTESANATOS, POESIAS, IDEIAS, E MUITO MAIS.

Caso queira receber as atualizações do BLOG em seu e-mail é só se cadastrar ou se desejar entrar em contato comigo, meu e-mail é : fiosdearte@hotmail.com

QUE A PAZ E O AMOR DE CRISTO REINEM EM TODOS OS CORAÇÕES. AMÉM


Créditos

Muitas imagens deste Blog são retiradas da internet, caso você detenha algum direito autoral sobre alguma delas, entre em contato comigo e eu ponho os devidos créditos, obrigada!

Amig@s seguidores:

terça-feira, novembro 22, 2011

Fábula Portuguesa


ღ A coruja e a águia ღ

Conta uma fábula portuguesa que a coruja encontrou a águia, e disse-lhe:
- Oh águia, se vires uns passarinhos muito lindos em um ninho, com uns biquinhos muito bem feitos, olha lá não os coma, que são os meus filhos!

A águia prometeu-lhe que não os comeria; foi voando e encontrou numa árvore um ninho, e comeu todos filhotes.

Quando a coruja chegou e viu que lhe tinham comido os filhos, foi ter com a águia, muito aflita: - Oh águia, tu foste-me falsa, porque prometeste que não me comias meus filhinhos, e mataste-os todos!

Diz a águia: - Eu encontrei uns pássaros pequenos num ninho, todos depenados, sem bico, e com os olhos tapados, e comi-os; e como tu me disseste que os teus filhos eram muito lindos e tinham os biquinhos bem feitos entendi que não eram esses.

- Pois eram esses mesmos, disse a coruja.

- Pois então queixa-te de ti, que é que me enganaste com a tua cegueira.

Essa fábula é atribuída ao surgimento da expressão "Mãe Coruja", pois aos olhos das mães, os filhos são sempre perfeitos e lindos, o coração de uma mãe é o lugar mais seguro do mundo e se precisar até sangra por um filho.

Autor desconhecido