FIOS DE ARTE

AQUI É O MEU CANTINHO ONDE COMPARTILHAREI COM VOCÊ TUDO QUE GOSTO COMO: ARTESANATOS, POESIAS, IDEIAS, E MUITO MAIS.

Caso queira receber as atualizações do BLOG em seu e-mail é só se cadastrar ou se desejar entrar em contato comigo, meu e-mail é : fiosdearte@hotmail.com

QUE A PAZ E O AMOR DE CRISTO REINEM EM TODOS OS CORAÇÕES. AMÉM


Créditos

Muitas imagens deste Blog são retiradas da internet, caso você detenha algum direito autoral sobre alguma delas, entre em contato comigo e eu ponho os devidos créditos, obrigada!

Amig@s seguidores:

segunda-feira, janeiro 02, 2012

ROSAS DE PAPEL CREPOM





Material necessário (para fazer seis rosas):

folhas de papel crepom branco e verde musgo

cola cascorez rótulo azul

álcool

1,1/2 kg de parafina branca

100 gramas de cera de carnaúba

1 xícara de benzina

1 colher de sopa de talco

1 colher de sopa de óxido de zinco

100 gramas de estearina

arame n°18 para rosas grandes e n°16(rosas médias) e n°24(mini-rosas)

anilina para flores em várias cores

cordonê branco n° 10 (Glacê da Lipasa)

Você vai precisar também de um rolo de espuma com 10 ou 15cm de largura; tesoura; um copo americano; uma xícara; uma colher de sopa; caldeirão alto; mini-compressor; liquidificador; plástico grosso; fita crepe; alicate de corte.


-Forre a superfície de trabalho com plástico, prendendo-o com fita crepe.

-Bata no liquidificador, 1 copo de cola branca, 1 copo de alcool e 1/2 copo de água.

-Desenrole uma peça de papel crepom branco sobre o plástico.Usando o rolo de espuma e seguindo os veios do papel, aplique a mistura até cobrir metade da folha de crepom.

-Dobre a outra metade do papel sobre a parte com a mistura e alise com as mãos do centro para as bordas, para retirar as bolhinhas de ar.

-Deixe esta folha dupla secar a sombra, presa num varal; depois passe a ferro em temperatura morna.

-Transfira os riscos das pétalas para a folha dupla de papel crepom e corte.

-Dilua a anilina em álcool até obter o tom desejado - que seja bem sútil, suave.

-Coloque no reservatório do compressor e pinte as pétalas, uma a uma; deixe secar.

-Corte várias astes de arame com cerca de 30 cm de comprimento, faça argolinhas numa das extremidades de cada haste.










-Envolva cada argolinha com três pétalas e amarre firmemente com o cordonê, formando o miolo da rosa.

-Amarre mais 12 pétalas uma a uma, ao redor do miolinho, compondo a flor.

-Vire as bordas das pétalas para fora, dando um aspecto natural às flores.

-Prepare todas as rosas e reserve.












-Coloque a parafina e a cera de carnaúba no caldeirão alto; leve ao fogo baixo para derreter.ATENÇÃO ESTES PRODUTOS SÃO ALTAMENTE INFLAMÁVEIS, tenha cuidado! -Desligue o fogo e acrescente a benzina, o talco, o óxido de zinco e a estearina. Mexa com uma colher de madeira, misturando os ingredientes.

-Mergulhe as rosas no banho parafinado, retire e deixe secar com as pétalas voltadas para baixo.Se necessário, passe-as novamente pela parafina.

-Arremate as hastes de arame cobrindo-as com tiras de papel crepom verde-musgo.











A RECEITA ORIGINAL FOI RETIRADA DAQUI  MIL E UM SEGREDOS DE QUIMICA